Convenção dos Nikkeis e Japoneses no Exterior


Visão geral

A 58a. Convenção dos Nikkeis e Japoneses no Exterior será realizado a partir de 22 a 25 de Outubro de 2017(Dia 22 de Outubro terá o Festival Internacional de Karaoke Nikkei).

Inscrições abertas : Clicar aqui!

O que é a Convenção dos Nikkeis e Japoneses no Exterior?

1. A origem da Convenção

Durante a Segunda Guerra Mundial, 120 mil japoneses e nikkeis da segunda geração, que viviam nas respectivas localidades dos Estados Unidos, foram alojados em campos de concentração americanos. Tendo conhecimento desta situação, o Japão enviou por meio da Cruz Vermelha, missô, shoyu, livros japoneses, entre outros artigos para este campo americano. Em setembro de 1945, no meio da confusão após a derrota do Japão, vendo a situação difícil que a população japonesa passava, sofrendo com a falta de alimentos e outros itens essenciais para o dia-a-dia, eles enviaram desde 1946 a 1952 suprimentos de ajuda denominados LARA, com alimentos como leite em pó e vestimentas para sua pátria, como sinal de agradecimento pelos artigos enviados aos campos de concentração nos Estados Unidos.

LARA é o nome da organização de apoio na Ásia que foi estabelecida, centrada em uma entidade cristã e União dos Trabalhadores, sendo a abreviação de Licensed Agencies for Relief in Asia (Agências Licenciadas para Apoio na Ásia). A contribuição através do envio de suprimentos LARA, correspondeu ao equivalente a mais de 40 bilhões de ienes na época, em 1952. Dentre eles, cerca de 20% ou 8 bilhões de ienes de todos os suprimentos de ajuda, foram contribuições feitas pela comunidade nikkei do exterior. Ela iniciou suas atividades com a autorização do Comitê de Controle de Ajuda de Washington em junho de 1946. E assim, não apenas nos Estados Unidos, mas também no Canadá, México, Brasil, Argentina e outros países, passaram a se criar organizações nikkeis para ajudar o Japão, tendo suas atividades intermediadas pela Cruz Vermelha de seus respectivos países. No final de 1956, com a adesão do Japão ao quadro das Nações Unidas, em gratidão ao caloroso compatriotismo apresentado pelos nikkeis por meio do envio dos suprimentos de ajuda, os parlamentares japoneses juntamente com outras entidades, decidiram realizar em Tóquio, a Confraternização dos Nikkeis do Exterior alusiva à adesão do Japão ao quadro das Nações Unidas (1ª Convenção) em maio de 1957.

A partir da segunda convenção em 1960, ela passou a ser denominada Convenção dos Nikkeis e Japoneses no Exterior, e vem sendo realizada anualmente a partir da terceira convenção, realizada em 1962.


  • História da Convenção dos Nikkeis e Japoneses no Exterior→Clique aqui
  • Inscrições→Clique aqui
  • Declaração das conferências anteriores→Clique aqui

2. Propósito

Este é um grande encontro dos nikkeis que residem tanto no exterior quanto no Japão, no qual relatam ao Japão a situação de seu país e que tem como intuito também intensificar o intercâmbio, compreensão e amizade internacional bem como promover a compreensão com relação ao Japão.


3. Pré-requisitos dos participantes

Nikkei do exterior é definido como aqueles que saíram do Japão e residem no exterior, com o objetivo de viver definitivamente em cada país, incluindo seus descendentes da segunda, terceira, quarta, e demais gerações, independente da sua nacionalidade ou origem.